...




"Vive de tal forma que deixes pegadas luminosas no caminho percorrido, como estrelas apontando o rumo da felicidade e não deixes ninguém afastar-se de ti sem que leve um traço de bondade, ou um sinal de paz da tua vida." (Joanna de Ângelis)




...

" A civilização de um povo se avalia pela forma que seus animais são tratados.(Humboldt)"

Seguidores

Google+ Followers

o que mais você encontra aqui:

2leep.com

Melhor visualização do blog no Google Chrome

Por favor, assinem a petição, precisamos acabar com o sofrimento dos ursos da China.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

*JÁ PENSOU NAS POSSIBILIDADES?!"*

Oi pessoal!!!

Hoje recebi um e-mail diferente da Rede Bicho,e mais do que depressa resolvi divulgar a idéia...você consegue imaginar tudo que podemos criar assim?!

Desde um simples muro,uma casinha de cachorro,até uma casa pra nós mesmos como mostram as fotos.

É DE GARRAFA PET PESSOAL!!!

RECICLAR

Eu achei muito legal, em todos os sentidos, primeiro porque livramos a natureza de boa quantidade de lixo, também porque é uma construção sólida e barata,pode resolver o problema de habitação de muita gente...e fica uma graça,eu adorei

NOTÍCIA ANIMAL

Foz do Iguaçu é uma das principais rotas do cruel tráfico de animais

fonte: ANDA

01 de julho de 2010

Na ação deflagrada pela Polícia Federal ontem (30), na ”Operação São Francisco” de repressão ao tráfico internacional de animais silvestres , foram cumpridos mandados de prisão, busca e apreensão em cinco cidades do Paraná, entre elas, Foz do Iguaçu.

Conhecida por seus atrativos naturais e por sua porosa fronteira com Paraguai e Argentina, Foz do Iguaçu é rota, há tempos, das quadrilhas que exploram o comércio irregular de animais trazidos do Paraguai, da Argentina e, até mesmo, da Bolívia.

No zoológico do Bosque Guarani, no centro de Foz do Iguaçu, boa parte dos pássaros em exibição é oriunda, justamente, das apreensões realizadas por Polícia Federal, Receita Federal e demais corporações que atuam no patrulhamento fronteiriço. No zoológico de Hernandarias, no Paraguai, o panorama é similar.

Há, ainda, golpistas que utilizam o “bom nome” de Foz do Iguaçu para aplicar suas trapaças na internet e assegurar que seus animais têm origem estrangeira, mas são “legais”.

A forma de transporte das aves, filhotes de mamíferos, répteis e anfíbios mostra toda a imoralidade do negócio: enfurnados em bagageiros de ônibus ou fundos falsos de caminhões e veículos, são poucos os que sobrevivem até chegar ao destino e ao catálogo no qual figuram a preço de ouro.

Tão culpados quanto os que traficam, porém, são aqueles que compram. Afinal, não há oferta que resista à falta de demanda. Mais que uma questão legal, é também uma questão de consciência: vale a pena financiar este tipo de crime? A imagem abaixo talvez ajude a responder

:

Foto: Paraná on line

Com informações de Paraná on line

Nota da Redação: Acrescentamos à pertinente pergunta proposta pela reportagem outra questão: vale a pena comprar animais, retirados de seu habitat e de sua liberdade, mesmo que eles sejam “legalmente” vendidos? A operação contra o tráfico é, claro, importantíssima, pois vemos as condições em que são encontrados os animais que conseguem sobreviver a tamanho nível de estresse e maus-tratos. No entanto, o combate não deve ser restrito à ilegalidade, mas a qualquer comércio de vidas, pois desrespeita o direito intrínseco de todo animal à vida e à liberdade em sua própria natureza.

FRASE DO DIA: "A única revolução possível é dentro de nós.” (Gandhi)

!

!

2 comentários:

Taia Assunção disse...

Infelizmente tem quem compre animais oriundos do tráfico...são eles quem fomentam a prática do comércio ilegal. Já havia visto essas construções com pet...são bacanas. Especialmente para alguma parte mais lúdica da casa, como por exemplo uma varanda...beijocas!

Milai disse...

Olá Carla!
Eu como disse andava atrasada nos meus comentários e agora arranjei um bocadinho para ir a alguns sítios. Nunca consigo percorrê-los todos de uma só vez. A semana passada foi um pouco complicada e a anterior anida pior por causa da feira em que estive.
Quando chegava a casa já vinha estafada e com o calor que temos tido não apetece fazer nada. Hoje e ontem felizmente já esteve mais fresquito.
Adorei ver as fotos das construções com as garrafas Pet. Não fazia a menor ideia que dava para fazer uma casa...mas acho uma óptima ideia.
Quanto aos animais, acho que a mentalidade do homem é que tem que mudar.Por mim os animaizinhos estavam todos nos seus respectivos habitats.
Beijinhos